InícioDicasComo empreender em Gestão de Segurança Privada?

Como empreender em Gestão de Segurança Privada?

Se tornar um empreendedor requer muita energia e foco nas atividades. E o contexto da segurança privada no Brasil é um ramo excelente para quem deseja ser dono do seu próprio negócio. Com as novas tecnologias e mudança de perfil de potenciais clientes, trabalhar com a segurança privada tornou-se um modelo de negócio atraente para quem quer investir. Por isso, separamos dicas valiosas.

Empreender em Gestão de Segurança Privada é desenvolver a capacidade de encontrar oportunidades em nichos de mercado.

A Segurança Privada e a perspectiva de crescimento

Segundo levantamento de 2019 realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a receita bruta de segurança privada no Brasil recebeu um aumento de mais de R$ 678 milhões. Isso representa o avanço dos diversos investimentos que esse setor recebe no nosso país. De 2019 para cá, esse movimento de crescimento é ainda observado e pode representar ganhos progressivamente maiores.

Dessa maneira, empreender na área pode ser uma excelente ideia para investir capital. As necessidades mais aparentes de manter patrimônios materiais e imateriais seguros promovem um espaço promissor no mercado. Os incrementos de receita, como pudemos notar na pesquisa do IBGE, demonstram um crescimento do setor. E esse dado é fundamental para quem deseja abrir uma empresa de segurança.

Empreender em Gestão de Segurança Privada e os condomínios

Como já pontuamos, o setor de atendimento se mesclou ao da segurança em algumas atividades importantes. Esse é o caso de empresas que se especializaram para suprir demandas de condomínios. Com a carga cada vez maior de taxas condominiais, tendo em vista o pagamento de salário de funcionários, muitos condomínios estão migrando de sistema de segurança.

Para além do já conhecido serviço de monitoramento remoto que é oferecido por muitas empresas de segurança privada, agora a área de atendimento em portaria remota está em alta. E essa pode ser uma possibilidade para quem está pensando em empreender. Muitos condomínios, de todos os padrões, estão buscando novos serviços para manter ou melhorar a segurança, mas sem os grandes encargos de manter funcionários registrados.

As portarias eletrônicas são um serviço especializado de segurança privada. Servem para substituir os porteiros e fazem todo o protocolo de atendimento desse serviço. Isso acontece por meio de padrões especializados. Para atuar nesse negócio é preciso realizar muito treinamento e manter a equipe bem engajada. Tudo para evitar erros grosseiros, já que a dinâmica de uma portaria pode ser de grande fluxo.

Áreas de atuação em alta

Existem outras áreas para que um gestor da segurança privada possa empreender. Dessa forma, podemos verificar que a segurança privada está espalhada em diferentes tipos de serviço para se prestar. Assim, em todos os tipos é possível especializar-se, treinar equipes e fazer disso uma empresa de ponta.

  • Segurança Patrimonial: nessa atividade, um gestor trabalha para garantir a integridade de patrimônios tangíveis e intangíveis de uma empresa. São patrimônios os bens imóveis, equipamentos, funcionários, informações, dentre outros;
  • Segurança Pessoal Privada: atende às necessidades de se proteger pessoas. Essa é uma área que tem atuação bem focada em planos de segurança. Muitas empresas se especializam nesse ramo e, para isso, precisam ter uma equipe muito bem treinada;
  • Segurança Bancária: é um campo importante das empresas terceirizadas, pois supre as necessidades de segurança patrimonial dentro de agências bancárias pelo país. Por ter uma demanda sempre ativa, empreender em segurança bancária pode render clientes a longo prazo;
  • Segurança para Eventos: com o retorno gradual dos eventos, essa área deverá aumentar cada vez mais as suas necessidades por segurança especializada. Eventos de todos os tipos e tamanhos precisam de segurança para garantir o seu bom andamento;
  • Segurança Contra Incêndio: podendo fazer parte de outros tipos de serviço em segurança ou por uma contratação específica contra incêndios. Essa modalidade deve garantir toda a proteção ambiente e de pessoas em determinado local. Garante também o cumprimento de normas contra incêndio em diversos aspectos.

O empreendedorismo e o uso dos recursos digitais

O E-commerce se tornou uma importante ferramenta para ganhar espaço no mercado. E ele não representa apenas as empresas ou lojas que vendem no ambiente digital, mas também todas as empresas que desejam ganhar clientes de alguma maneira. Assim, conquistar um cliente é um tipo de comércio, já que se vende um serviço.

Conhecer os principais aspectos dos recursos digitais é essencial para ganhar destaque diante de potenciais clientes ou mesmo no contexto da fidelização. E não basta criar um perfil comercial em determinada plataforma. Saiba que empreender define um universo enorme por trás de uma marca. Muito planejamento financeiro e de pesquisa devem embasar essa jornada. Por isso, é necessário investir em comunicação e marketing para deixar a sua empresa entre as mais bem posicionadas.

As mudanças no perfil de interação com novos clientes são claras nos dias de hoje. Segundo pesquisa realizada pelo Serasa Experian, que investigou o comportamento de micro, pequenas e médias empresas do Brasil em 2020, metade dos entrevistados conseguiu atingir públicos diferentes dos que já estava acostumado a interagir a partir do ambiente digital. Ou seja, os recursos online geram expansão nos negócios.

Consultoria: uma boa ideia para um empreendedor

O trabalho de consultoria é também um ramo que pode ser executado por gestores de segurança privada. Nesse âmbito, o consultor irá propor melhorias. E também integrar os processos de transformação necessários para a boa execução de serviços de segurança privada em determinado local. Por isso, é possível pensar em empreender nessa área por meio de consultorias.

Normalmente, os consultores irão trabalhar com equipes das próprias empresas ou terceirizadas. Deverão atuar com as melhorias dos sistemas de segurança nos tipos mais diversos. Estabelecendo sempre a sintonia entre as novas necessidades da empresa que contrata o serviço de consultoria para atingir objetivos concretos.

Existe curso superior na área de Gestão em Segurança Privada?

A Gestão em Segurança Privada como graduação já é uma realidade. Grandes centros universitários, como a Anhanguera, ofertam esse curso no nível tecnólogo. Outras faculdades de renome, como a Pitágoras e a Unopar, possuem o curso de Cibersegurança, que alia conhecimentos gerais da área de segurança privada com foco no ambiente digital. 

Os cursos tecnólogos trazem a vantagem da otimização das matérias, encurtando o prazo de formação. Assim, os alunos se inserem mais cedo no mercado de trabalho. Com períodos de matérias mais generalistas e depois específicas. A graduação em Gestão de Segurança Privada possibilita uma formação de excelência de profissionais. Esses ficam capacitados a compor vagas e também para empreender.

Por fim, se você quer se tornar um profissional de empreendedorismo, saiba que existe um curso que foca totalmente esse assunto. Saiba mais sobre essa atuação aqui.

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4.3 / 5. Número de votos: 3

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.