InícioDicasEstágioComo conseguir um estágio em Gestão de Segurança Privada?

Como conseguir um estágio em Gestão de Segurança Privada?

Apesar de não ser obrigatório, conseguir um estágio em Gestão de Segurança Privada é fundamental para quem pretende entrar no mercado de trabalho durante o curso superior. A graduação nessa área já é uma realidade. Por isso, preparar-se para o curso e investir nos estudos pode ser a porta de entrada para conquistar uma vaga para estagiar. Por ser um campo em crescente expansão, vamos tratar aqui um pouco do cenário da Segurança Privada e também mostraremos dicas sobre o curso e o estágio.

Como o trabalho de um estagiário alia os estudos da faculdade com atividades práticas, reconhecemos nessa ocupação uma grande oportunidade. Então, fique conosco para desvendarmos o que é necessário para conseguir um estágio em Gestão da Segurança Privada.

O curso de Gestão de Segurança Privada

Como já pontuamos, a graduação em Gestão de Segurança Privada é consolidada entre os cursos de nível tecnólogo. Grandes faculdades, como a Anhanguera, ofertam essa graduação. E outros centros universitários de renome, como a Pitágoras e a Unopar, oferecem o curso de Cibersegurança, que foca no ambiente digital.

Portanto, o primeiro passo para conseguir um estágio em Gestão de Segurança Privada é entrar no curso superior desse ramo. Vale a pena conferir nos sites das universidades que recomendamos aqui todas as informações. Por se tratar de uma área muito importante e que integra habilidades generalistas e mais específicas, o curso também acompanha esse processo.

Os cursos tecnólogos trazem a vantagem da otimização das matérias, encurtando o prazo de formação. Assim, os alunos entram mais cedo no mercado de trabalho. A graduação em Gestão de Segurança Privada possibilita uma formação de excelência de profissionais. Esses são capacitados a compor vagas e a empreender. Dessa forma, o estágio na área pode acontecer mais cedo ainda, o que é uma grande vantagem para o estudante.

Conhecendo um pouco da grade curricular

É essencial conhecer bastante do curso pretendido. Isso pode garantir que você está escolhendo o curso que mais se enquadra ao seu perfil. Além disso, a proatividade do aluno interfere diretamente nas suas conquistas dentro e fora do curso superior. Isso porque quanto mais se esforça para estudar as matérias, mais conhecimento estará adquirindo e, logo, ficará mais preparado durante as entrevistas de estágio.

A gestão, o planejamento e análises são itens que baseiam o curso de Gestão de Segurança Privada. Então, se a sua praia é  entender e trabalhar com estratégias, modelos de gerência e legislações aplicadas, esse pode ser o curso ideal para você. Pode ocorrer que os nomes de algumas disciplinas mudem de faculdade para faculdade, mas, de um modo geral, podemos encontrar matérias como:

  • Análise e Gerenciamento de Risco;
  • Comportamento Organizacional e Negociação;
  • Comunicação e Gestão de Crise;
  • Fundamentos de Investigação e Criminalística;
  • Gestão de Pessoas;
  • Gestão de Projetos;
  • Legislação Empresarial Aplicada;
  • Legislação, Segurança e Medicina do Trabalho;
  • Matemática Financeira;
  • Métodos de Prevenção e Combate a Sinistro;
  • Métodos Quantitativos;
  • Modelos de Gestão;
  • Planejamento Estratégico em Segurança;
  • Segurança Bancária e Transporte de Valores;
  • Suporte Básico de Vida e Primeiros Socorros.

Networking para conseguir um estágio em Gestão de Segurança Privada

O contato com outros colegas de sala, com os professores e coordenadores do curso pode ser importante para a indicação à vaga de estágio. Nesse sentido, aproveite sempre as chances de socializar. As atividades em grupo são oportunidades para conhecer melhor os colegas e colocar em prática seus estudos em algum projeto. Os professores estão sempre à disposição dos alunos para tirar dúvidas. Por isso, aproveite esses momentos para perguntar sobre o trabalho na área.

Normalmente, os professores e tutores das faculdades estão com uma boa colocação no mercado de trabalho. E se você se destacar entre os alunos, por meio de seus projetos e atividades em grupo, certamente poderá conseguir um estágio em Gestão de Segurança Privada por indicação.

Outra circunstância significativa é em relação aos grupos de estudo. Ou seja, grupos criados pelos próprios alunos para estudar matérias da faculdade. Essas ocasiões são excelentes para criar novas ideias, entender melhor disciplinas mais difíceis e estreitar os laços com os colegas de sala. Essas iniciativas são muito bem vistas pelos professores e coordenadores dos cursos, o que, novamente, pode gerar pontos positivos.

Por fim, se você se interessou e quer saber mais sobre os grupos de estudos na faculdade, temos uma matéria que fala sobre a importância dessa atividade.

Conhecer as empresas que prestam serviços de segurança

Sabemos que além da teoria em sala, a prática do dia a dia de trabalho é essencial para compor a ideia da área de atuação. Dessa maneira, incentivamos os candidatos a estagiário a procurar as empresas que prestam serviços e agendar uma visita. Muitas estão de portas abertas para quem tem curiosidade ou é da área e deseja entender melhor os processos internos.

Para isso, recomendamos que faça uma pesquisa na internet sobre as empresas de segurança privada mais próximas de você. Dessa forma, basta enviar uma mensagem para o setor de atendimento explicando o seu interesse em conhecer a empresa como um estudante. Possivelmente, essa pode ser uma porta de entrada a mais para conseguir mais contatos e de repente conquistar um estágio em Gestão de Segurança Privada.

E mais, é possível organizar um grupo de visita com seus colegas de sala. Isso poderá render ótimos resultados para compor projetos dentro do curso. Inclusive, para a realização do TCC, o trabalho de conclusão de curso. É sempre importante estar conectado com as atividades mais recentes do mercado para entrar nas melhores vagas.

A Segurança Privada é uma área em crescimento no Brasil

Segundo levantamento de 2019 realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a receita bruta de segurança privada no Brasil recebeu um aumento de mais de R$ 678 milhões. Isso representa o avanço dos diversos investimentos que esse setor recebe no nosso país. De 2019 para cá, esse movimento de crescimento é ainda observado e pode representar ganhos progressivamente maiores.

Dessa maneira, entrar para a área de segurança privada pode ser uma excelente ideia para quem quer construir uma carreira bem sucedida. As necessidades mais aparentes de se manter patrimônios materiais e imateriais seguros promovem um espaço promissor no mercado. Os incrementos de receita, como pudemos notar na pesquisa do IBGE, demonstram um crescimento do setor.

E, finalmente, vamos verificar as áreas de atuação em segurança privada, que podem ser muitas. Podemos listar aqui algumas das principais e as que mais empregam no Brasil. São setores como:

  • Segurança Patrimonial;
  • Segurança de Condomínios;
  • Segurança Pessoal Privada;
  • Segurança Bancária;
  • Segurança para Eventos;
  • Segurança Contra Incêndios.

Continue nos acompanhando para mais informações que podem ajudar no seu desenvolvimento acadêmico e profissional, vem de Voomp!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4.4 / 5. Número de votos: 21

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.