Qual o salário de fisioterapeutas nas grandes cidades?

Redação Voomp
Colaborador do Voomp
salário de fisioterapeutas nas grandes cidades é uma dúvida de muitos profissionais.

Da mesma forma que cidades do interior precisam de profissionais de saúde, nas grandes cidades esses profissionais também são primordiais para levar qualidade de vida a todos. Para fisioterapeutas, saber onde vão atuar é totalmente norteador para suas carreiras. Ainda mais no momento em que vivemos, com expansão de várias carreiras da área de saúde. Mas muitos devem se fazer uma pergunta: qual o salário de fisioterapeutas nas grandes cidades, como São Paulo, Rio de Janeiro e Distrito Federal?

Além disso, também devemos levar em conta, que o curso de Fisioterapia, desde sua criação, tem crescido. Em outras palavras, isso significa que o número de profissionais graduados também é maior nos últimos anos. Levando em conta o tamanho do nosso país, todas as cidades oferecem as mesmas oportunidades de vagas? Afinal, vale a pena trabalhar com fisioterapia em grandes cidades brasileiras? Confira o post e tire suas conclusões!

Expansão da fisioterapia no Brasil

Primeiramente, os cursos de Fisioterapia, no Brasil e no mundo, estão em processo de expansão e não foi apenas em virtude da pandemia de Covid-19. Em nosso país, o primeiro surgiu na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, com formação de nível técnico. Na época, a grande motivação foram os elevados números de pessoas atingidas por sequelas da poliomielite. 

Nesse contexto, a fisioterapia é considerada uma profissão recente, pois tem apenas 40 anos de existência. Segundo dados do MEC, o crescimento de cursos de Fisioterapia no Brasil ocorreu especialmente por meio de instituições privadas.

Por exemplo, em 2003 , foram criados 263 cursos em faculdades privadas, e apenas 35 em universidades públicas. Segundo dados do MEC, a maioria estava concentrados em grandes cidades do Sudeste e Centro-Oeste. Em contrapartida, em 2013, o número de cursos de Fisioterapia subiu para 550.

Fisioterapeutas nas grandes cidades brasileiras

Através de pesquisa, a Universidade do Estado do Pará – UEPA publicou estudo que traçou um panorama da distribuição de fisioterapeutas pelo Brasil, as informações do MEC se confirmam. As estatísticas, calculadas com base nos dados fornecidos por 16 Conselhos Regionais de Fisioterapia e Terapia Ocupacional, e informações do Censo, mostraram as seguintes realidades:

  • Grande número de profissionais em São Paulo e no Rio de Janeiro;
  • No Centro-Oeste, o Distrito Federal tem o maior percentual de fisioterapeutas;
  • Poucos fisioterapeutas na região Norte.

De acordo com a pesquisa, a baixa quantidade de profissionais de fisioterapia em alguns estados, pode ser explicada pelo fato de que os cursos superiores são oferecidos nas grandes cidades. Também é interessante analisar que, mesmo com o crescimento exponencial de cursos de educação à distância, o curso de Fisioterapia é reconhecido na modalidade presencial. Dessa forma, isso também influencia os interessados pela área, a migrarem para grandes cidades, onde a oferta é maior. 

Com base nessas estatísticas, saiba quais são os valores do salário de fisioterapeutas nas grandes cidades como São Paulo, Rio de Janeiro e Distrito Federal (Brasília).

Quanto ganha um fisioterapeuta em São Paulo?

De acordo com dados de 2021, do novo CAGED, a média salarial para fisioterapeutas que trabalham em São Paulo é de R$ 3.610,59. O piso salarial, firmado em acordos e convenções coletivas, é de R$ 3.295,35. O valor fixado para o teto salarial é de R$ 5.673,68. Todos esses valores são para uma jornada de trabalho de 31 horas semanais. 

Outras estatísticas, no que diz respeito ao mercado de trabalho também são relevantes, como por exemplo, queda nas contratações, por meio de CLT, de 4,91%. Além disso, os setores que mais empregam profissionais de fisioterapia são atendimento hospitalar, prontos-socorros e urgências, gestão da saúde e atenção ambulatorial. 

Um panorama do salário de fisioterapeutas nas principais cidades de São Paulo, indica os seguintes valores de média salarial:

  • São Paulo (capital) – R$ 3.610,59 – 31h/semanais;
  • Campinas – R$ 3.337,80 – 30h/semanais;
  • São Bernardo do Campo – R$ 4.203,61 – 30h/semanais;
  • Santo André – R$ 3.611,01 – 31h/semanais;
  • Ribeirão Preto – R$ 2.438,61- 30h/semanais.

Quanto ganha um fisioterapeuta no Rio de Janeiro?

O piso salarial para profissionais de fisioterapia no Rio de Janeiro é de R$ 2.62,85 e o teto chega a R$ 4.527,36. Já a média salarial, para jornadas de trabalho de 31 horas semanais é de R$ 3.136,72.

Na busca por demanda no mercado de trabalho, a área teve queda nas contratações, com carteira assinada. Sendo assim, o resultado nos meses de abril de 2020 a março de 2021, foi de 36,4%. As áreas com mais admissões são atendimento em prontos-socorros e urgências, associações de defesa de direitos sociais, atendimento hospitalar e atividades de estética. 

A média do salário de fisioterapeutas nas cinco principais cidades do Rio de Janeiro é:

  • Rio de Janeiro (capital) – R$ 3.136,72 – 31h/semanais;
  • Nova Iguaçu – R$ 3.032,34 – 32h/semanais;
  • Campo dos Goytacazes – R$ 3.107,76 – 29h/semanais;
  • Niterói – R$ 2.876,33 – 28h/semanais;
  • Volta Redonda – R$ 2.970,96 – 30h/semanais;

Quanto ganha um fisioterapeuta no Distrito Federal?

As médias salariais no DF, calculadas com base nos dados do novo CAGED, são relativas à Brasília, onde o piso salarial é de R$ 3.304,98. A média salarial é de R$ 3.621,15 e o teto salarial é relativamente alto, se comparado com outras cidades brasileiras: R$ 6.082,72. 

Em Brasília os setores que mais contratam fisioterapeutas são atendimento hospitalar, prontos-socorros e urgências, gestão de saúde e condicionamento físico. Outro dado importante é uma queda de 28% nas contratações, por meio de CLT, entre os meses de abril de 2020 e março de 2021. 

Os dados do novo CAGED não fazem uma estimativa de quais cidades do DF tem mais demanda por profissionais. Em contrapartida, se fizermos uma comparação, por exemplo, na cidade do Gama, que é no DF, a média salarial é de R$2.871,00. 

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 5

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.