5 tecnologias que ajudam o arquiteto no dia a dia

Redação Voomp
Colaborador do Voomp

Crédito: Imagem: Reprodução

A graduação, assim como cursos técnicos, é o processo de formação profissional que abre portas do mercado de trabalho para as pessoas. Portanto, é importante saber que as tecnologias que fazem parte da atuação profissional, precisam estar na mente dos estudantes.

Por exemplo, quando um estudante de arquitetura já conhece quais as tecnologias ajudam o arquiteto no dia a dia, ele entra no mercado de trabalho com uma certa vantagem. Conhecimento da rotina profissional é essencial.

Confira neste artigo um pouco das novidades que vem mudando a vida dos arquitetos.

Tecnologias que ajudam o arquiteto no dia a dia

O mercado de arquitetura vem ganhando muitos incentivos tecnológicos. O uso das novidades acabam facilitando a vida dos profissionais e melhorando a qualidade na entrega do trabalho.

Realidade Aumentada

Sem dúvidas, a possibilidade de criar uma realidade em um ambiente virtual é uma das tecnologias que podem auxiliar o arquiteto. 

Na hora de apresentar um projeto para um cliente, por exemplo, o uso da realidade virtual pode fazer com que a pessoa tenha melhor noção de como ficará o produto final. Tudo isso em um ambiente que ainda não existe, na prática.

Itens básicos digitais

Alguns itens obrigatórios para todo arquiteto ganharam versões digitais. A Trena Digital e o medidor de nível estão nos celulares. Mais do que isso! Aparelhos mais modernos, como o iPhone, é possível medir um ambiente através da câmera do celular.

O ideal é usar essas ferramentas com os itens físicos. Assim, a medição ficará ainda mais correta e terá menos espaço para os erros.

Impressoras 3D

Já imaginou apresentar um projeto em forma de maquete com réplicas perfeitas do espaço e dos móveis? A impressora 3D possibilita isso! Dentre as tecnologias que ajudam o arquiteto, essa é uma das principais. Já que, com ela, a dinâmica do trabalho muda e o projeto ganhará vida na frente do cliente.

Inteligência artificial

A inteligência artificial permite que o computador faça algumas tarefas que, antes, eram feitas por humanos. No caso da arquitetura, por exemplo, é possível que o profissional “dite” ao software um ambiente e ele seja reproduzido automaticamente.

Outro uso para essa tecnologia é a possibilidade de fazer cálculos e projeções a partir de alguns dados inseridos. Se uma sala tem 15 metros quadrados, o software pode selecionar quais os sofás que caberiam naquele espaço se o arquiteto quisesse deixar um espaço dos lados.

Catálogo online

Uma tecnologia que já faz parte do dia a dia do arquiteto é o uso do catálogo online. Com ele, é possível apresentar produtos e serviços ao cliente mesmo que eles estejam distantes. Com o envio de um link ou apenas um arquivo por Whatsapp, o profissional apresenta o que ele faz e o portfólio rapidamente.

Aqui, mostramos alguns exemplos de uso que poderiam ser aplicados hoje mesmo. Mas é claro que todos os avanços tecnológicos podem influenciar na vida do arquiteto. Por exemplo, o crescimento da preocupação com o meio ambiente vai impactar na forma como as obras são feitas e como os materiais de construção são produzidos.

Por isso, a lista de avanços tecnológicos que irão influenciar na vida do arquiteto é muito maior do que esses cinco itens que trouxemos para vocês.

Mais tecnologia que ajuda o arquiteto a trabalhar!

Para quem está se preparando para entrar na carreira de arquiteto, é preciso estar de olho nessas tecnologias que podem mudar a vida deles. Além disso, é importante que futuro profissional se mantenha atento aos softwares usados nessa carreira. Alguns deles são:

  • AutoCAD
  • Photoshop
  • 3D Max
  • After Effects
  • SketchUp

Você já conhecia esses programas? Então começa a pesquisa sobre eles e entender o uso de cada um na vida do arquiteto.

Mercado de trabalho para arquitetos

Agora que você já sabe quais são as tecnologias que ajudam o arquiteto, é hora de pensar na atuação no mercado de trabalho. Você vai ver que ela é vasta e inclui diversos segmentos. O curso de Arquitetura proporciona ao estudante conhecimento e habilidades técnicas para atuar em:

  • Projetos de arquitetura de interiores:

Profissionais que estarão prontos para cuidar da otimização do espaço com foco em confortabilidade, segurança, ergonomia e muito mais. O projeto sempre precisa considerar qual o uso do espaço (comercial, residencial, etc).

  • Criação e supervisão de projetos complexos

A atuação na criação e supervisão de projetos mais complexos, como prédios e ambientes comerciais grandes faz parte do escopo de atuação do arquiteto. Diferente daquele que trabalha apenas com interiores, neste caso, é necessário considerar o entorno do local.

  • Atuação em secretarias de desenvolvimento

O trabalho no setor público busca entender como a cidade se comporta e como ela vem crescendo para atuar para melhorar a distribuição de imóveis, assim como proteção do meio ambiente e otimização do deslocamento da população.

Muita coisa, não é? O arquiteto é parte integrante de equipes responsáveis por projetos complexos e grandes e deve estar pronto para atuar em diferentes situações.

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4 / 5. Número de votos: 8

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.