Quanto ganha um enfermeiro pediatra?

Beatriz Scotti
Colaborador do Voomp

Crédito: Foto: Los Muertos Crew de Pexels

Para quem tem interesse em trabalhar com enfermagem, mais especificamente na área de pediatria, essa matéria é o primeiro passo. Aqui você vai descobrir tudo o que precisa sobre esse ramo da enfermagem. Você irá saber desde o que é estudado no curso até o salário de um enfermeiro pediatra.

A verdade é que lidar com a área de pediatria precisa ser muito mais do que uma escolha de profissão. Precisa ser um verdadeiro chamado. O profissional vai lidar não apenas com o paciente, mas também com os familiares.

Saber conversar com as crianças, encontrar formas criativas de atender os pequenos e de cuidar deles da melhor forma possível é algo comum no dia a dia do enfermeiro que trabalha na área de pediatria. Porém, mais do que isso, outra coisa comum de se encontrar são pais preocupados com os filhos. E esses pais também precisam de atenção e de informações.

Por isso, se você quer seguir por essa área, fique atento às dicas que preparamos para você hoje.

Como se tornar um enfermeiro pediatra?

Bom, como você pode imaginar, o primeiro passo é se tornar um enfermeiro. Ajudar a cuidar das pessoas, de seu bem estar, precisa ser uma vocação e uma vontade diária. Para isso, a nossa dica é conferir a faculdade abaixo que separamos para você. 

É uma instituição de ensino do grupo Kroton que oferece o curso de forma regular. É cadastrada no MEC e autorizada a oferecer o curso. Inclusive, tem nota 4 na avaliação do órgão.

A faculdade oferece o curso de forma presencial, porém é possível fazer as matérias teóricas remotamente e apenas as práticas de forma presencial. Entre as principais matérias do curso estão:

  • Anatomia I
  • Anatomia II
  • Introdução a Enfermagem
  • Fundamentos Teóricos e Técnicos de Enfermagem
  • Cuidar em Enfermagem
  • Semiologia e Semiotécnica
  • Sistematização da Assistência de Enfermagem
  • Saúde da Mulher
  • Saúde do Idoso
  • Unidade de Terapia Intensiva
  • Urgência e Emergência
  • Central de material e Centro Cirúrgico
  • Interpretação de Exames Laboratoriais.

O curso de Enfermagem da faculdade Fama tem duração de 5 anos, ou 10 semestres. E é disponibilizado nos turnos matutinos e noturnos. Por isso, se você deseja estudar e trabalhar, é importante se programar e escolher um horário que se adeque ao seu trabalho.

Depois de concluída a graduação em Enfermagem, é possível seguir para uma pós-graduação. Dessa vez, uma focada em enfermagem pediátrica. Assim você pode se especializar e aumentar as suas chances de conseguir uma oportunidade dentro desse ramo.

O que faz um enfermeiro que trabalha na pediatria?

Segundo o site vagas.com as palavras chaves mais usadas nas vagas de emprego de enfermeiro pediátrico são:

  • UTI Neonatal
  • Exames Laboratoriais
  • Cateter
  • Urgência e Emergência
  • Enfermeira
  • Alta Complexidade
  • Pacientes
  • Assistencial
  • Passagem
  • Coleta De Exames

Com essas palavras já é possível ter algumas ideias do que é procurado em um profissional dessa área. É preciso ter um cuidado com os pacientes e seus progenitores. Dando suporte à saúde da criança, desde o seu nascimento e durante toda a sua fase de crescimento. 

Inclusive, um dos grande diferenciais do enfermeiro pediátrico é exatamente saber adequar o seu tratamento de acordo com a fase em que o paciente se encontra. Os tratamentos e dosagens podem variar, e muito, de acordo com a idade e o tamanho da criança.

Crianças e adolescentes tendem a sofrer muitos acidentes, principalmente devido à sua curiosidade e falta de conhecimento. Por isso, um enfermeiro pediátrico vai precisar atender as mais diversas patologias, e precisa estar preparado para lidar com elas em situações adversas.

Não é incomum que uma criança doente, ou que sofreu algum acidente esteja chorando. Ou se apresente de forma um pouco mais arisca e com aversão a estranhos. E em muitos casos é possível encontrar até mesmo pais histéricos, se culpando e piorando a situação para o paciente.

Por isso, é imprescindível que o profissional esteja pronto e apto a lidar com as situações mais diversas. Nesse sentido, existem até mesmo lugares em que o pagamento de um profissional desses pode ser diferenciado, devido a todos os desafios da função.

Quanto ganha um enfermeiro pediatra?

Primeiramente, precisamos deixar claro que não existe um piso mínimo de salário para um enfermeiro que trabalhe com pediatria. O valor mínimo é definido de acordo com os acordos coletivos e órgãos de classe de cada região. Portanto, o salário de um profissional formado no Bacharelado de Enfermagem e que trabalhe com pediatria, pode variar, e muito.

Sendo assim, é muito interessante que você busque dados atualizados de valores da sua região. Porém, segundo dados do site vagas.com, o valor médio que um profissional nesse ramo recebe é de R$ 3.440,00.

Existem grandes variações, como já explicamos. Uma delas é de acordo com a região do país em que você mora. Enquanto no estado de São Paulo, é possível encontrar médias salariais em torno de R$ 5.500, em Minas Gerais, estado vizinho, existem cidades em que a média salarial chega a ser algo em torno de R$ 2.200.

Como melhorar o salário?

A primeira dica para quem deseja melhorar o salário é a de continuar estudando. Ao melhorar seus conhecimentos, você pode se destacar no seu trabalho. Pode ser considerado para promoções. Além de poder buscar vagas em outros lugares, onde o pagamento seja mais atrativo.

Outra dica importante é a de buscar crescer dentro do seu local de trabalho. Um profissional que trabalha como enfermeiro pediátrico em um cargo Júnior, vai ganhar menos que um de nível Pleno. Esse último, por sua vez, vai ganhar menos que um profissional de nível Sênior. 

Por isso, a melhor dica é a de sempre estar aprendendo novas competências e habilidades. Buscar ser sempre um profissional que faz o seu melhor e atende bem a todos os seus pacientes. Para conquistar posições melhores e para conseguir crescer na sua carreira. 

Lembrando que a enfermaria pediátrica é muito mais que uma escolha de profissão. Ela precisa ser realmente um chamado, algo que o profissional faz por amor. Assim, o profissional vai sempre se destacar no seu trabalho e conseguir boas oportunidades.

Como funciona o vestibular de Enfermagem

O que faz um enfermeiro obstetra?

Faculdade de Enfermagem: tudo o que você precisa saber

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.