InícioGraduaçãoDesenvolvimentoCiência da Computação x Análise e Desenvolvimento de Sistemas: diferenças

Ciência da Computação x Análise e Desenvolvimento de Sistemas: diferenças

O curso de ciência da computação e o de análise e desenvolvimento de sistemas possuem diferenças. Por isso, é importante ver cada uma delas e as suas principais características, assim, poderá escolher a melhor para a sua futura carreira.

Com a ajuda deste artigo, conheça as duas profissões e veja também como funcionam as duas graduações. Além disso, descubra como é o mercado de trabalho para cada uma delas.

Ciência da computação x Análise e desenvolvimento de sistemas

As diferenças entre as profissões têm início na própria graduação, por essa razão, entender quais são elas, é o primeiro passo. Sabendo disso, veja a seguir alguns conceitos que podem ser úteis, de modo a diferenciá-las.

Ciência da computação

O curso de ciência da computação tem como foco a criação de softwares. Além disso, há o estudo das linguagens de programação e sua evolução, bem como as suas tecnologias de desenvolvimento.

É comum que as necessidades de seus usuários sejam a principal preocupação nos estudos. Pois, com isso, os futuros profissionais saberão o que criar para suprir cada uma delas.

Neste aprendizado, é normal encontrar softwares básicos e mais complexos. Ela também aborda a parte de banco de dados e a segurança na programação.

Essa graduação é mais teórica, exigindo certo domínio em cálculos e abstração. Assim, a sua grade aborda matérias como física, matemática, cálculo avançado e algoritmos, durando cerca de 4 ou 5 anos.

Análise e desenvolvimento de sistemas

Diferente do bacharelado em ciência da computação, o curso de análise e desenvolvimento de sistemas é mais prático. Sendo assim, é voltado para o estudo das tecnologias que estão mais em alta hoje em dia.

O principal objetivo é formar profissionais, a fim de atuar em diversos campos do ramo de desenvolvimento. Por esse motivo, as linguagens utilizadas são de programação de alto nível.

Algumas de suas matérias são: matemática, algoritmo, redes e fundamentos da computação. Porém, o empreendedorismo também costuma ser tratado no curso, que costuma durar 3 anos.

Perfil do aluno do curso de ciência da computação

Existem algumas características necessárias para quem pretende cursar na área. Por isso, confira a seguir o que o curso de ciência da computação requer.

Ter raciocínio lógico

O trabalho dos profissionais desse meio é baseado na análise de informações. Então, eles buscam as melhores opções dentro de um prazo, assim, para isso, precisam pensar com clareza e destreza.

Gostar de lidar com números e cálculos

A grade curricular da graduação conta com matérias como física, matemática e estatística. Por essa razão, o aluno precisa gostar de números e cálculos.

Um ponto que deve ser ressaltado é que, muitas vezes, essas habilidades são adquiridas, ou seja, podem ser desenvolvidas ao longo do próprio curso.

Perfil do estudante de análise e desenvolvimento de sistemas

Assim como em ciência da computação, o aluno de ADS deve possuir características especiais. Portanto, veja a seguir o que a graduação exige.

Ser proativo

O profissional da área tem como função cuidar da segurança da rede. Além disso, a execução das tarefas nos prazos dados é essencial. Por esse motivo, é preciso ter proatividade e tomar a frente nas mais distintas situações.

Ter domínio de inglês

O domínio sobre um idioma estrangeiro é bem importante no mercado de trabalho. Aliás, as linguagens de programação costumam estar em inglês, como boa parte dos materiais usados.

Mercado de trabalho para ciência da computação e ADS

As ofertas de emprego em ADS são distintas das em ciência da computação, portanto, o seguinte tópico visa mostrar o que se pode esperar em questões de trabalho.

Análise e desenvolvimento de sistemas

O mercado de trabalho para um profissional formado nessa área é bem amplo. Pois, os negócios precisam de soluções tecnológicas, a fim de facilitar o dia a dia na empresa.

A expertise constante sobre as atualizações e o funcionamento tecnológico permite que o mesmo se destaque. Por isso, as chances de conseguir um emprego são grandes.

Ciência da computação

Essa profissão é uma das mais promissoras do futuro, já que, o desenvolvimento tecnológico está cada vez mais presente na estrutura socioeconômica. Por isso, ela é aplicada em processos simples e na solução de problemas mais complexos.

O mercado para a área de ciência da computação é muito favorável, tendo vagas nas mais diversas especialidades, por exemplo, programação, tratamento de dados e análise de sistemas.

Outra alternativa que pode ser atrativa é se manter na área acadêmica. Visto que, os estudos dentro desse ramo estão em constante inovação, buscando manter os conhecimentos cada vez mais amplos.

Principais diferenças entre ciência da computação e ADS

Como deu para ver até aqui, as duas profissões divergem em várias coisas. Porém, existem outros pontos que devem ser ressaltados, então, veja a seguir um pouco mais sobre esse assunto.

A formação em análise e desenvolvimento de sistemas prepara os profissionais para gerenciar as informações que trafegam pela rede. Enquanto a ciência da computação forma pessoas capazes de criar e desenvolver softwares.

Saiba mais sobre as suas diferenças

O analista constrói, mantém e controla banco de dados, atuando em quase todos os setores. Por outro lado, o cientista projeta e elabora ferramentas diversas, desde softwares simples até sistemas complexos.

Mesmo que ambas tenham o auxílio da tecnologia, é claro que o foco delas é distinto. Pois, a ADS conta com algo integrado ao sistema, cálculos e planejamentos. Enquanto, a outra busca uma relação maior e mais ampla entre a ferramenta e o público.

Por terem esses diferenciais, não é muito difícil entender em qual você pode se enquadrar melhor. Pois, basta compreender se o seu perfil se adequa melhor com ciência da computação ou análise e desenvolvimento de sistemas.

É interessante manter em mente que ambas são profissões de grande importância. E, por essa razão, as chances de emprego no mercado de trabalho são inúmeras, permitindo que escolha a área que mais lhe agrada.

Análise e desenvolvimento de sistemas e ciência da computação

Com este artigo, foi possível entender como cada um dos cursos se diferenciam. Logo, pode-se concluir que mesmo que ambos se relacionem com a tecnologia, as suas atividades são distintas.

Isso também te dá a chance de ver o que de fato melhor combina com o seu perfil para a seleção de um curso, seja na área de ciência da computação ou de análise e desenvolvimento de sistemas.

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 4.2 / 5. Número de votos: 113

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.