Qual o preço do curso de Geografia?

Redação Voomp
Colaborador do Voomp

Crédito: Foto de Pavel Danilyuk no Pexels

Tornar-se um profissional da área de Geografia exige uma aptidão ímpar, que reúne habilidades das áreas de humanas e exatas. Por isso, é preciso ingressar em uma faculdade que seja realmente capaz de preparar o estudante para as diversas áreas de atuação. Pensando nisso, separamos aqui tudo o que um estudante precisa saber para começar a estudar da melhor forma possível e ser um profissional realizado.

Introdução à Geografia

Algumas produções cinematográficas têm a capacidade de nos levar para lugares desconhecidos.

Consequentemente, nos fazem pensar, principalmente, sobre a nossa existência e, assim, nos ajudam a decidir sobre a forma de conduzir nossa vida.

É o caso de “Nós que Aqui Estamos por Vós Esperamos” (1999), um longa-metragem documental dirigido por Marcelo Masagão. 

Trata-se de um filme que faz uma verdadeira antologia audiovisual do século XX. Nesse contexto, Masagão intercala arquivos de filmes, fotos e televisão do referido século.

Além disso, pode-se dizer, sem sombra de dúvidas, que o filme faz uma leitura cinematográfica do livro “Era dos Extremos” de Eric Hobsbawm, evidenciando, assim,  as contradições deste século:

  • a eclosão de duas grandes guerras;
  • a evolução tecnológica;
  • o aumento e banalização da violência;
  • a esperança por um mundo melhor;
  • e a loucura das pessoas.

É, portanto, matéria prima para quem se interessa por Geografia e deseja começar a entender um pouco melhor o papel desse profissional.

Quer saber mais sobre o filme? Veja o que foi debatido em evento que reuniu professores e estudantes no IFSP.

O que é a Geografia?

Em primeiro lugar, é fundamental entender o conceito de Geografia.

Por isso, consultamos a Revista Brasileira de Geografia.

Estamos falando de uma revista editada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, o IBGE e uma das mais antigas e respeitadas publicações brasileiras na área de Geografia. 

Inclusive, ela foi publicada por quase 70 anos, entre 1939 e 2006 e voltou a ser editada em 2016.

Em sua edição de 1941, a revista traz uma importante definição, elaborada pelo geógrafo francês, Emmanuel de Martonne, sobre essa área do conhecimento.

A princípio, a Geografia seria o estudo da distribuição, na superfície terrestre, dos fenômenos físicos, biológicos e humanos, das causas dessa distribuição e das relações locais desses fenômenos.

Ou seja, a Geografia, desse modo definida, seria uma ciência com um campo delimitado de investigação.

Entretanto, a própria história da Geografia prova que tal delimitação é difícil.

Isso ocorre porque estamos falando de uma área do conhecimento que ora se coloca como ciências da matemática e ora como ciências sociais. 

Tanto é verdade que o conceito de Geografia acabou sendo revisado quando, na França, percebeu-se uma transição importante, da chamada geografia ativa para a radical-crítica.

Isso aconteceu, principalmente, entre 1970 a 1980, quando, no Brasil, essas transformações seriam mais bem representadas por Milton Santos, um dos mais renomados geógrafos da história do Brasil.

Nesse período, a Geografia passou a estar centrada, acima de tudo, no conceito de espaço geográfico enquanto grande categoria de explicação dessa ciência.

Quais as especialidades da Geografia?

Os profissionais dessa área, vale destacar, são pessoas capacitadas para analisar e desenvolver dados estatísticos, estudos ambientais, elaborar mapas e realizar monitoramento remoto de áreas específicas. 

Isso vale para todos os graduandos, independente da formação.

No caso dos profissionais com licenciatura, no entanto, o geógrafo tem uma especialidade a mais.

Em razão de uma formação ampliada, ele pode trabalhar como professor em escolas ou universidades, podendo exercer ainda a função de pesquisador.

Além disso, dentro da carreira de geógrafo, existem diversas especialidades.

São áreas do conhecimento que devem ser observadas pelos estudantes ainda no começo da graduação para ajudar no direcionamento de carreira.

Listamos abaixo algumas delas: 

  • cartografia
  • geografia física
  • geografia humana
  • geografia regional
  • geomática
  • toponímia
  • meteorologia
  • astronomia

Para saber mais, conheça 8 áreas para quem quer trabalhar com Geografia.

Qual a função de um geógrafo?

Antes de tudo, uma das funções mais importantes para a carreira de um profissional de Geografia é descrever a Terra,

Isso mesmo!

A Geografia faz parte do campo das geociências, ou ciências da terra.

Para isso, esse profissional utiliza os conhecimentos da Geologia, Geofísica, Agronomia, Meteorologia e Oceanografia para estudar o espaço geográfico. Não qualquer espaço, mas aquele que é modificado pelas pessoas.

Por essa razão, são profissionais capacitados para estabelecer e descrever relações precisas entre as mais diversas estruturas que se inter-relacionam em um determinado espaço.

Consequentemente, além de poder exercer a função de professor, esse profissional é perfeitamente qualificado para trabalhar em áreas indispensáveis para a vida em sociedade.

Quais as tarefas de um geógrafo?

Para exemplificar as funções de um Geógrafo, consultamos a Ficha de Perfil Profissiográfico do Cargo de Agente Universitário de Geógrafo.

Trata-se de um documento elaborado, em 2006, pelo Governo do Estado do Paraná para a Universidade Estadual de Londrina.

Veja abaixo, de forma exemplificativa, a descrição de algumas das tarefas que devem ser realizadas por profissional da área de Geografia.

Pesquisa

Realizar pesquisas e levantamentos fisiográficos, hidrográficos, climáticos, topográficos, toponímicos e estatísticos de áreas específicas.

Mapeamento

Elaborar e supervisionar o mapeamento de regiões determinadas coletando dados e informações, efetuando pesquisas locais, analisando fotos aéreas e fotos-satélites. 

Assessoramento

Prestar assessoramento técnico em assuntos que envolvam pesquisas geográficas. 

Arquivo

Organizar e manter arquivo cartográfico, identificando e catalogando os mapas, cartas e gráficos.

Relatórios

Participar na elaboração de relatórios analíticos de acompanhamento de projetos e obras relacionadas ao controle da erosão, proteção do meio ambiente e outros. 

Estudos

Monitorar o uso e a ocupação da terra, vistoriar áreas em estudos, estudar a pressão antrópica e diagnosticar impacto e tendência.

Hidrografia

Interpretar condições hidrológicas das bacias fluviais. 

Documentos

Elaborar relatórios, pareceres e laudos técnicos em sua área de especialidade;

Diferentes áreas de atuação de um geógrafo

Basicamente, a profissão de geógrafo é disciplinada pelos seguintes dispositivos:

Estamos falando de normas que  habilitam o geógrafo a atuar nas seguintes áreas:

Ambiental

  • Elaboração de Estudos e Relatórios de Impacto Ambiental (EIAs e RIMAs);
  • Avaliações, pareceres, laudos técnicos, perícias e gerenciamento de recursos naturais;
  • Plano e Relatório de Controle Ambiental (PCA e RCA);
  • Monitoramento Ambiental

Planejamento

  • Planos diretores urbanos, rurais e regionais;
  • Ordenamento territorial;
  • Elaboração e gerenciamento de Cadastros Rurais e Urbanos;
  • Implantação e gerenciamento de Sistemas de Informações Geográficas (SIG);
  • Estruturação e reestruturação dos sistemas de circulação de pessoas, bens e serviços;
  • Pesquisa de mercado e intercâmbio regional e inter-regional;
  • Delimitação e caracterização de regiões para planejamento;
  • Estudos populacionais e geoeconômicos.

Cartografia

  • Mapeamento Básico;
  • Mapeamento Temático;
  • Cartografia Urbana;
  • Delimitação do espaço territorial municipal, distrital, regional;
  • Cartas de declividade e perfil de relevo;
  • Cálculo de áreas;
  • Transformação e cálculo de escalas;
  • Locação de pontos ou áreas por coordenadas geográficas;
  • Interpretação de fotografias aéreas e imagens de satélite;
  • Geoprocessamento e cartografia digital.

Hidrografia

  • Delimitação e Plano de Manejo de Bacias Hidrográficas;
  • Avaliação e estudo do potencial de recursos hídricos;
  • Controle de escoamento, erosão e assoreamento dos cursos d’água.

Meio Físico

  • Caracterização do Meio Físico;
  • Planos de recuperação de áreas degradadas;
  • Estudos e pesquisas geomorfológicas;
  • Climatologia;
  • Cálculo de energia do relevo.

Turismo

  • Levantamento do potencial turístico;
  • Projetos e serviços de turismo ecológico (identificação de trilhas);
  • Gerenciamento de pólos turísticos.

Qual o salário do geógrafo?

Outro fator relevante na hora de escolher a graduação é a media salarial do profissional de Geografia.

Para isso, pesquisamos em alguns portais que compartilham informações sobre os salários de diversas carreiras.

Segundo o Vagas.com.br, por exemplo, no cargo de Geógrafo, o salário do profissional vai de R$ 2.968,00 a R$ 5.970,00, enquanto a média salarial, no Brasil, é de R$4.675,00.

De acordo com com o Salario.com.br, um geografo ganha em média R$ 4.539,62 no para uma jornada de trabalho de 41 horas semanais.

Para fazer o cálculo, o portal utilizou dados do oficiais do Novo CAGED, eSocial e Empregador Web.

Aconteceu assim: foram analisados dados de 249 salários de profissionais admitidos e desligados pelas empresas no período de dezembro de 2020 a novembro de 2021.

Já a faixa salarial registrada pelo levantamento  vai de R$ 3.500,00 a R$ 10.378,78.

Igualmente relevantes são os dados do Salario.com.br sobre a diferença entre contratações e demissões. Ou seja, o saldo de empregos para geógrafos no Brasil.

No período de 12/2020 até 11/2021 houveram, segundo o portal, foram registradas 128 contratações com carteira assinada e 108 demissões.

Consequentemente, durante o período, foi verificado um saldo positivo de 20 empregos formais para o cargo de Geografo.

Salário por gênero

Um levantamento do Salario.com.br apresenta ainda relevantes dados sobre a contratação de geógrafos por gênero.

Para se ter uma ideia, de um total de 249 profissionais admitidos ou desligados no cargo de geografo durante o período de levantamento, 97 foram mulheres.

Tratam-se de profissionais ccom vencimentos médios de R$ 4.421,44 para uma jornada semanal de 41 horas.

Por outro lado, foram contratados, no total, 139 são homens, com remuneração salarial média de R$ 4.622,10 e jornada de trabalho de 41h por semana.

As informações são do CAGED – Cadastro Geral de Empregados e Desempregados da Secretaria da Previdência e Trabalho do Ministério da Economia (antigo Ministério do Trabalho) com recursos do FAT – Fundo de Amparo ao Trabalhador e cálculos estatísticos do Salario.com.br.

Qual o perfil profissional de um geógrafo?

O Salario.com.br também traz informações sobre o perfil profissional do geógrafo.

Eles trazem, portanto, as características mais recorrentes de quem atua no mercado de trabalho exercendo essa profissão.

Confira abaixo:

  • Trabalhador com 27 anos
  • Formação superior em Geografia
  • Pessoa do sexo masculino
  • Trabalha 44h semanais
  • Atua em empresas do segmento de Serviços de engenharia

São Paulo é a cidade com mais ocorrências de contratações e, consequentemente, com  mais vagas de emprego para geógrafos.

Quais os setores que mais contratam?

Lista com os segmentos de atividades econômicas das empresas com o maior número de admissões para o cargo de Geografo.

Você sabe quais são os setores da economia com maior demanda nas contratações de profissionais de Geografia?

Pois é!

A gente localizou esses dados no portal da Salario.com.br, que traz uma lista com informações de salariais, segmentos de contratação e número de contratações registradas.

Trata-se, aliás, de um levantamento muito importante para um estudante ou mesmo um geógrafo que esteja buscando uma colocação no mercado de trabalho.

Conheça os 10 segmentos empresas que mais contratam, de acordo com o CNAE

  1. Serviços de engenharia
  2. Serviços de cartografia, topografia e geodésia
  3. Pesquisa e desenvolvimento experimental em ciências sociais e humanas
  4. Atividades de estudos geológicos
  5. Atividades de associações de defesa de direitos sociais
  6. Atividades associativas
  7. Atividades de consultoria em gestão empresarial
  8. Coleta de resíduos não-perigosos
  9. Atividades de apoio à educação
  10. Tratamento de dados, provedores de serviços de aplicação e serviços de hospedagem na internet

Como funciona a graduação em Geografia?

Antes de tudo, é possível cursar a graduação em Geografia em universidades públicas, privadas e nas modalidades presencial, semi-presencial e EaD.

Em geral, o curso dura em torno de 4 anos e os estudantes podem escolher entre licenciatura e bacharelado.

Para ilustrar a diferença entre os dois, extraímos informações disponíveis, por exemplo, na página do Departamento de Geografia da Universidade Federal do Rio de Janeiro, a UFRJ.

Segundo essa universidade, para atender ao perfil do geógrafo bacharel, o currículo do curso de Geografia da UFRJ é formado por um conjunto de disciplinas obrigatórias e eletivas.

Vejam os aspectos teóricos-metodológicos próprios da Geografia e que são contemplados por essas disciplinas:

  • naturais
  • sociais
  • instrumentais

Mas há ainda os aspectos práticos, que envolvem atividades em gabinete e de laboratório:

  • trabalhos de campo
  • participações em seminários
  • discussões temáticas

Já a organização curricular compreende, geralmente, disciplinas comuns aos cursos de licenciatura e bacharelado.

Mas há ainda um núcleo voltado à formação profissional do professor de Geografia.

Quais as melhores faculdades privadas?

Entre 2012 e 2019, Folha de São Paulo publicou o Ranking de Cursos de Graduação.

O levantamento avaliou 40 carreiras, entre as quais a Geografia.

Estamos falando de uma avaliação que utilizou dados de todas as universidades brasileiras ativas e em funcionamento.

Assim, foram apresentadas as melhores instituições de ensino superior do país, entre públicas e privadas.

Abaixo, podemos conferir as 10 melhores faculdades privadas de Geografia listadas no ranking de 2019:

  1. PUC-SP
  2. PUC-RS
  3. PUC-Minas
  4. Universidade Estácio de Sá (Unesa)
  5. PUC-Goiás
  6. Universidade Luterana do Brasil
  7. PUC-Rio
  8. PUC-Campinas
  9. Centro Universitário Fundação Santo André
  10. Universidade Tiradentes

Quais as melhores universidades públicas?

As universidades públicas são maioria entre as melhores faculdades de Geografia do Brasil, segundo o ranking da Folha de São Paulo.

De acordo com esse levantamento, entre as universidades públicas, as faculdades federais foram, inclusive, mais bem avaliadas do que as estaduais.

Confira as 10 melhores faculdades públicas de Geografia:

  1. USP
  2. UFRJ
  3. Unicamp
  4. UFMG
  5. UNESP
  6. UFF
  7. UFPR
  8. UFRGS
  9. UNB
  10. UFSC

E tem mais.

A seguir, você poderá conhecer quais serão as disciplinas que encontrará no curso de Geografia. Confira!

Aptidões do profissional de Geografia

Desde já, vale destacar que o curso traz disciplinas que preparam o estudante para o mercado de trabalho e para atuar como professor de Geografia.

De modo geral, para tornar-se um profissional da Geografia (como profissional técnico ou professor) é fundamental possuir algumas aptidões.

Listamos abaixo as principais:

  • Capacidade de acessar, ler e interpretar documentos diversos (paisagens, fotografias, imagens de radar, cenas orbitais, mapas, gráficos, tabelas, textos);
  • Interesse e curiosidade de se aprofundar no estudo das questões ambientais, políticas, sociais,  econômicas e culturais.
  • disponibilidade para os trabalhos de campo

Destacamos abaixo alguns dos conteúdos básicos para a formação do Geógrafo:

  • Planejamento Territorial e Ambiental;
  • Cartografia;
  • Topografia;
  • Hidrografia;
  • Biogeografia;
  • Sensoriamento Remoto e Aerofotointerpretação;
  • Climatologia;
  • Planejamento Rural e Urbano;
  • Geografia Econômica;
  • Ecologia;
  • Geomorfologia.

Matriz curricular da graduação em Geografia

Sendo assim, separamos algumas das disciplinas da graduação.

Tratam-se de matérias que foram retiradas do Guia de Percurso do Curso de Licenciatura em Geografia da Unopar e do site da Universidade Federal do Espírito Santo.

Licenciatura

  • Educação a distância
  • Educação e tecnologias
  • Educação inclusiva
  • Homem, cultura e sociedade
  • Práticas pedagógicas: identidade docente
  • Educação e diversidade
  • Políticas públicas da educação básica
  • Psicologia da educação e da aprendizagem
  • Ética, política e cidadania
  • Práticas pedagógicas
  • Didática: planejamento e avaliação
  • Educação de jovens e adultos
  • Educação formal e não formal
  • Fundamentos da educação
  • Fundamentos epistemológicos da geografia
  • Fundamentos filosóficos
  • Metodologia do ensino de geografia
  • Fundamentos antropológicos e sociológicos
  • Fundamentos de geologia
  • Geomorfologia
  • Hidrogeografia
  • Climatologia e meteorologia
  • Geografia agrária
  • Geografia da população
  • Geografia econômica
  • Geografia política
  • Geografia urbana
  • História geral
  • Regionalização do espaço mundial
  • Biogeografia
  • Geografia do Brasil
  • Geoprocessamento e sensoriamento remoto 
  • História do brasil
  • Ensino de Geografia

Bacharelado

  • Noções Gerais de Estatística.
  • Introdução à Filosofia
  • Sociologia Geral
  • Elementos Epistemológicos. da Geografia
  • Cartografia Geográfica
  • Geologia Geral
  • Sistemas de Informações Geográficas
  • Climatologia Geográfica
  • Formação do Mundo Contemporâneo.
  • Geografia  da População
  • Geografia Urbana
  • Geomorfologia
  • Geopedologia
  • Biogeografia e Meio ambiente
  • Regionalização Espacial Mundial
  • Geografia Rural
  • Introdução ao Sensoriamento Remoto
  • Geografia Humana e Cultura. Brasileira
  • Geografia da Mobilidade
  • Geografia,. Política e Geopolítica
  • Economia Brasileira
  • Ciências do Ambiente
  • Geografia e Planejamento
  • Aspectos de Hidrologia Continental

Qual o preço do curso?

Agora que você chegou até aqui, nós do Hora da Facul gostaríamos de te apresentar três, finalmente, quatro opções diferentes de cursos e preços para iniciar seus estudos.

Sendo assim, em primeiro lugar, nossa indicação é da Faculdade Anhanguera, com o curso de Licenciatura em Geografia que possui uma mensalidade a partir de R$ 149,00 mensais.

Nesse caso, o curso é disponibilizado na modalidade semipresencial. Ou seja, parte do curso na modalidade EaD e parte presencial. Além disso, na Anhanguera, os alunos se tornam capazes de confeccionar e interpretar mapas, oferecer consultoria para iniciativa pública e privada e elaborar planos diretores em municípios, entre outros.

Em segundo lugar, indicamos a graduação em Geografia – Licenciatura, da Faculdade Pitágoras, que oferece conhecimento e capacitação profissional na modalidade EAD e mensalidade a partir de R$ 149,00 por mês.

Para isso, a licenciatura oferece uma formação humanística, que está alinhada às correntes mais modernas de pensamento de todos os ramos da Geografia.

A terceira opção é da graduação em Geografia – Licenciatura na Unopar. Assim como as demais, esta faculdade oferece um preço acessível para ingresso dos estudantes a partir de R$ 149,00.

Por fim, podemos citar a Ampli, onde os alunos poderão cursar a Licenciatura em Geografia a partir de R$ 149,99. Por ser uma graduação a distância (EAD), você terá toda flexibilidade para estudar quando e onde quiser.

Listamos, portanto, quatro opções distintas, com preços acessíveis e, o mais importante, qualidade reconhecida pelo mercado. Deste modo, escolha qual delas se encaixa na sua realidade atual e comece a estudar hoje mesmo.

Quais as formas de ingresso no curso de Geografia?

Para para quem deseja cursar a graduação em Geografia. é fundamental, acima de tudo, conhecer as formas de ingresso no curso.

Assim, elas irão ajudar os estudantes a buscar informações e decidir sobre participar do processo seletivo mais adequado ao seu perfil.

Por isso listamos abaixo as principais:

  • Vestibular tradicional
  • Nota do Enem
  • Vestibular online
  • Vestibular agendado
  • Transferência externa
  • Portador de diploma
  • Reingresso
  • Vestibular indígena, negros e quilombola

Como trabalhar na área?

Para trabalhar com a área técnica, o geógrafo deve registrar-se no Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (CREA).

Somente assim ele poderá emitir pareceres, realizar atividades como levantamentos, estudos e pesquisas relacionados à sua área de atuação.

Já o profissional com Licenciatura encontrará oportunidades em escolas, governos e projetos sociais.

Por fim, não deixe de conferir também tudo sobre a profissão de geógrafo.

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.