O que o mercado de trabalho exige de um psicólogo

Redação Voomp
Colaborador do Voomp

Crédito: Foto: SHVETS / Pexels

A área da psicologia tem ganhado destaque no mercado de trabalho no país. Isso acontece porque os cuidados com a saúde mental são cada vez mais demandados. De forma adicional, o próprio campo se ampliou, na medida em que a psicologia pode ser combinada à várias outras áreas, como esporte, trânsito, educação etc. Desse modo, novas profissões surgem. E com elas acompanham novas exigências com relação aos psicólogos.

Em uma perspectiva geral, o curso de Psicologia dedica-se a formar profissionais preparados para atuar além das clínicas e consultórios. Com foco na saúde mental dos indivíduos, os psicólogos estudam os fenômenos da mente e as possibilidades de compreensão dos comportamentos humanos. Por essa razão, eles são muito importantes nos setores administrativos, escolares, nas áreas de pesquisa e até mesmo no marketing. Afinal, quem poderia ser melhor do que os psicólogos para contribuir com processos de recrutamento, facilitação de aprendizagem, realização de diagnósticos e avaliação de experiência de usuários?

Em matéria publicada pelo portal de notícias G1, chama-se atenção para o fato de que o mercado de trabalho para psicologia será de ainda mais oportunidades no pós-pandemia. Isso acontece porque a saúde mental é agora um ponto essencial.

Pois bem, é por essas e outras que a psicologia é um campo que só cresce na atualidade. Foi pensando nisso que preparamos esse material. Aqui, você terá um panorama geral da profissão e as expectativas do mercado de trabalho. Os estudantes do curso de Psicologia que estão já preocupados com o início da carreira profissional podem beneficiar-se dessas informações.

Portanto, se você deseja se preparar para encarar o mercado de trabalho com solidez, esse texto será de muita utilidade. Prossiga a leitura para descobrir o que o mercado de trabalho exige de um psicólogo.

O que faz um psicólogo?

De um modo geral, o psicólogo é o profissional responsável pelo cuidado com a saúde mental das pessoas. Assim, sua função é escutar, identificar questões e ajudar seus pacientes a solucioná-los. Isso sempre obedecendo os códigos de conduta ético-profissionais. Nesse sentido, podemos dizer que o papel do psicólogo é criar meios e condições para que a causa de um sofrimento ou problema seja solucionada, aliviando os sintomas de estresse e sobrecarga mental.

Todavia, ao estendermos essa atividade para outros campos, que não exclusivamente clínicos, percebemos que o psicólogo tem muito a adicionar. Por exemplo, no acompanhamento de alunos de uma escola, no atendimento à crianças com dificuldade de aprendizagem, no atendimento à familiares e parentes de pessoas hospitalizadas, na área de recursos humanos, na aplicação de testes e pesquisas de mercado e muitas outras finalidades. Independente de qual seja a área visada por você, o ideal é estar sempre à par de tudo que o setor espera de você como profissional.

Vale lembrar que somente pessoas que possuem formação superior em um curso de Psicologia podem atuar nessas profissões. Afinal, está é uma atividade regulamentada por lei e que exige registro no Conselho Regional de Psicologia (CRP). É por isso também que a profissão é bastante respeitada dentro do mercado de trabalho.

Para descobrir quais são as áreas de Psicologia com carência de profissionais, confira outro material produzido pelo Hora da Facul clicando aqui. Lá você vai encontrar detalhes a respeito de cada área, bem como os motivos para investir na formação profissional em Psicologia. Vale a pena conferir!

Tendo essas informações em mente, você já pode conferir quais qualidades tendem a ser vistas com bons olhos pelo mercado empregador. Continue a leitura para saber o que o mercado exige de um Psicólogo.

Quais características são exigidas pelo mercado de trabalho?

A necessidade de aumentar a qualidade de vida e preservar a saúde emocional favoreceu o campo da Psicologia. Contudo, nem todos os profissionais atendem aos requisitos exigidos pelo mercado de trabalho.

Para ficar fora desse grupo de pessoas, você deve ficar atento às habilidades e qualidades mais buscadas pelo setor em questão. Acompanhe a lista e entenda melhor o que cada um dos pontos significam.

As qualidades de um bom profissional psicólogo

  • Ética profissional: esse pode parecer um ponto muito batido. Entretanto, é crucial que os psicólogos mantenham a discrição sempre que possível. Evidentemente, há casos em que o código profissional permite que o sigilo seja quebrado, envolvendo risco de vida e crimes. Exceções à parte um bom psicólogo é aquele que sabe respeitar a regra do sigilo profissional.
  • Respeitar os limites de atuação: reconhecer a sua função profissional e os limites da sua capacidade são excelentes maneiras de demonstrar maturidade. Os psicólogos que atravessam essas barreiras tendem a ser vistos como mau profissionais. Durante o exercício de qualquer função, é essencial compreender que toda relação profissional exige respeito e moderação.
  • Habilidades comunicativas: Embora cada indivíduo tenha uma personalidade própria, é importante que os psicólogos saibam comunicar na medida certa. Isso não significa falar demais ou ter simpatia em excesso. Ao contrário, uma boa comunicação é mantida quando as pessoas conseguem falar e ser compreendidas de modo claro. Dessa forma, uma pessoa comunicativa em sentido positivo é aquela que sabe se fazer compreendida. Além de ter a habilidade de utilizar argumentos ou mensagens prioritárias.
  • Boa formação e qualificação: Pode até parecer clichê, mas possuir uma boa formação é importante para que o profissional seja visto com bons olhos pelos empregadores. A Psicologia é um campo que sofre constantes atualizações. Por isso, um profissional que para de estudar pode correr o risco de se tornar antiquado para o mercado de trabalho. Uma opção para manter-se ativo com relação a isso é fazer cursos técnicos e profissionalizantes com certa periodicidade. Também, buscar leituras que contenham conteúdo informativo de qualidade é uma boa maneira de estar por dentro de todas as novidades e mudanças do campo.

Por fim, é válido dizer que esses são aspectos que podem sempre ser melhorados. Durante a vida profissional, cada experiência deixa uma contribuição. Portanto, não deixe de se dedicar e continue investindo em qualificação. Assim, o mercado de trabalho saberá identificar essas características em você.

Acesse nossa página principal e acompanhe todas as novidades do universo profissional e acadêmico.

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.