Matérias atrasadas: como se organizar e colocar tudo em dia

Redação Voomp
Colaborador do Voomp

Crédito: Foto: Polina Tankilevitch / Pexels

Possuir matérias atrasadas é uma das coisas mais comuns na vida dos estudantes, independentemente do nível de formação. Estar com todos os conteúdos em dia é um desafio constante e que requer organização e planejamento.

Os atrasos podem ocorrer por diversas circunstâncias. Muitos alunos possuem atividades extras como trabalho ou cursos, e conciliar com os estudos nem sempre é fácil. Às vezes, as matérias podem acumular em função de imprevistos, como casos de doença ou razões pessoais.

Obviamente, existem formas de prevenir que isso ocorra. Contudo, se você acumulou conteúdo e agora precisa correr contra o tempo, fique tranquilo. Há algumas estratégias para colocar tudo em dia novamente e não ficar para trás. O Hora da Facul te explica como!

Saiba quais matérias estão atrasadas

Antes de colocar a mão na massa, é necessário ter ciência de quais matérias estão em atraso e a quantia de cada uma. Listando os conteúdos, você tem mais facilidade para dimensionar o que precisa fazer. Neste sentido, vale a pena dar uma boa revisada nos cadernos, livros didáticos, apostilas e o que mais você tiver à disposição.

Possuir este domínio certamente vai ajudar na organização dos estudos. A partir daí, é possível identificar de que natureza são os conteúdos (cálculos, linguagens, humanidades), qual o grau de dificuldade esperado e a prioridade do estudo. Uma lista com essas informações dará um norte e você poderá acompanhar seu progresso.

Aliás, considere diferentes motivos para priorizar uma matéria. As razões podem ser a proximidade de uma avaliação, a necessidade de realizar um trabalho ou até mesmo o distanciamento em relação ao momento em que a matéria deveria ter sido estudada originalmente.

Com prioridades diagnosticadas, defina um planejamento com prazos atingíveis, com disciplina de horários que permitam sucesso no objetivo traçado. Traçar metas inalcançáveis pode fazer você se desgastar e acabar se frustrando. Feito isso, agora é hora de agir.

Colocando em dia o conteúdo atrasado

Ao colocar os conteúdos atrasados em dia, lembre-se de seguir estudando as matérias atuais. Caso contrário, ao vencer o que estava em atraso, você irá se deparar com novas matérias que ficaram para trás. Afinal, resolver um problema e nos depararmos com outro não é o que estamos procurando, não é mesmo?

Primordialmente, é necessário organizar o seu espaço de trabalho. Priorize locais adequados para os estudos, com pouco barulho e sem margem para distrações. Se você não conseguir montar este local em casa, procure por bibliotecas em escolas ou universidades. São lugares que geralmente possuem salas de estudo que cumprem todos os requisitos necessários. Aqui você confere 10 dicas para preparar seu local de estudo.

Uma boa estratégia pode ser estudar em conjunto. Dificilmente você será a única pessoa da turma com conteúdos acumulados. Conversar com colegas e montar parcerias de estudos pode ser muito proveitoso, mas lembre-se de manter sempre o foco.

Você também deve ficar atento às diversas oportunidades que a escola ou a universidade oferecem, como plantões para tirar dúvidas, monitorias e reforço escolar. São momentos em que comumente são recapitulados conteúdos passados e com horários flexíveis. Não tenha medo de perguntar e conversar com seu professor.

Cuidando da mente

Com certeza, cuidar da sua saúde também vai te ajudar neste processo. De acordo com matéria publicada na BBC, passar noites em claro prejudica o funcionamento do cérebro e, consequentemente, o aprendizado. Então, não se esqueça de preservar sua saúde. Uma boa organização dos estudos passa também pelo cuidado com o sono. Fazer uma maratona de estudos pode ser necessário, mas é preciso descansar também.

Se as matérias acumuladas forem muitas e você precisar de bastante tempo para recuperá-las, sinta-se à vontade para diversificar as fontes de informações. Alternar leituras, vídeos, podcasts e realizar exercícios de fixação do conteúdo podem tornar o trabalho um pouco menos massivo e mais prazeroso.

Em geral, dedicar um tempo para recuperar conteúdos que deveriam estar em dia não é uma tarefa muito estimulante. Sendo assim, uma estratégia que você pode adotar é pensar em pequenas recompensas assim que metas de estudo forem atingidas. Não abdique do seu lazer, mas desfrute conforme suas tarefas estiverem sendo encaminhadas.

Em casos mais extremos, se você perceber que não está conseguindo acompanhar as matérias e o atraso faz parte de sua rotina estudantil, o ideal é procurar o apoio de especialistas. Normalmente, escolas e instituições de ensino possuem profissionais capacitados para dar suporte psicopedagógico nestes casos. Não tenha medo e muito menos vergonha, todo mundo passa por dificuldades e reconhecer isso é o primeiro passo para reverter a situação.

Reconhecendo o problema para conhecer sua rotina

Por fim, cada caso de atraso de matéria possui suas especificidades. Seja por compromissos, imprevistos ou descuidos, alinhar conteúdos e prazos faz parte da rotina estudantil. Há acúmulos de matérias de uma semana, assim como acúmulos de um mês, com uma ou mais disciplinas. Procure sempre evitar que isso se torne uma bola de neve, pois quanto maior o atraso, mais difícil será recuperar tudo com qualidade.

Certifique-se do que está pendente, encontre um local confortável e que favoreça o seu rendimento, organize um plano com prioridades e não esqueça das matérias atuais. E, claro, procure não se desesperar, isso vai ajudar bastante.

Se você conseguir cumprir a maioria das dicas, colocar as matérias atrasadas em dia e ainda sobrar um tempinho, considere revisitar conteúdos estudados anteriormente ou então adiantar temas atuais, assim você evita atrasos nos estudos.

Enfim, neste texto foram sugeridas algumas dicas para você se organizar e ficar quite com suas matérias atrasadas. Contudo, não há uma fórmula exata para isso, então, procure considerar essas dicas aplicadas à sua rotina e da forma que você se adapta e rende melhor. E não deixe de compartilhar com seus colegas, afinal, certamente você não é a única pessoa que passa por isso.

Continua acompanhando os conteúdos do Hora da Facul e fique por dentro do universo acadêmico e profissional!

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 18

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.