Como treinar conversação em inglês?

Matheus Donay
Colaborador do Voomp
Como treinar conversação em inglês?

Conversar em inglês é, provavelmente, o grande objetivo de quem se propõe a estudar a língua. Na conversação, você demonstra diversas habilidades. Sua capacidade de ouvir, de falar, articular ideias e executar seu repertório de palavras ficam em evidência em uma conversação.

Por reunir tantas habilidades, a conversação fluente é um grande desafio. Além disso, muitas pessoas se sentem inseguras e com medo de se expor a um diálogo sem possuir domínio completo da língua inglesa.

Para ajudar, neste post você irá conferir algumas dicas para treinar a conversação e ir em busca da fluência. Acompanhe!

Pratique todas as habilidades

Uma boa conversa é aquela em que ambas as partes se entendem e conseguem transmitir com clareza suas ideias. Por isso, estudar as diversas habilidades da língua inglesa é uma forma de treinar sua conversação. Você pode incluir na sua rotina alguns exercícios que irão dar um up na sua conversa.

Reserve alguns minutos por dia para praticar a sua audição. Na internet, você consegue acessar áudios que demonstram a forma como nativos pronunciam determinadas palavras e frases. Na língua inglesa, existem palavras cuja pronúncia é muito semelhante. Desta forma, é importante que você conheça as pequenas diferenças de pronúncia para ser bem compreendido.

Faça um curso de idiomas

Cursos de idiomas são ótimos espaços para praticar sua conversação. Afinal, o grande propósito dos cursos é aumentar seu nível de inglês e tornar você fluente. Salvo em cursos de níveis iniciais e infantis, boa parte da comunicação nas aulas ocorre na língua inglesa. 

Em cursos de idiomas, você conta com o trabalho especializado de professores, metodologias adequadas para o ensino e espaços designados para conversação. Você pode fazer perguntas, responder questões em aula e dialogar o tempo inteiro com seus tutores.

Aliás, você sabia que mesmo em cursos à distância é possível praticar a conversação? Na Carnegie Brasil, por exemplo, você conta com o que há de mais avançado em tecnologia para o ensino de inglês. A Carnegie utiliza tecnologia de Inteligência Artificial, Machine Learning e Reconhecimento de Voz para você conversar. Além disso, o Carnegie TALKS (salas de bate-papo monitoradas por tutores) é disponibilizado para a maioria dos cursos.

Participe de espaços em inglês

Um dos grandes desafios para quem busca praticar a conversação em inglês é encontrar espaços e pessoas para isso. No Brasil, estima-se que aproximadamente 5% da população fale em inglês, o que é um número relativamente baixo.

Por isso, procurar por lugares onde você possa praticar inglês com outras pessoas que falam a língua é uma estratégia interessante. Por exemplo, frequentar palestras em inglês, onde você possa fazer perguntas e dialogar com as outras pessoas presentes.

Espaços que costumam receber turistas costumam oferecer serviços em inglês. Você pode aproveitá-los para praticar sua conversação. São locais como restaurantes, museus e espaços de arte.

Converse com nativos

A conversa com nativos é uma forma muito interessante de você praticar sua conversação. Na internet, você encontra diversas plataformas de inglês que contam com voluntários que falam inglês e se dispõem a dialogar com quem quer aprender.

Ao conversar com pessoas que possuem o inglês como língua original, você dá um passo adiante no seu aprendizado. Principalmente porque, ao estudar inglês através de livros e aulas, o aprendizado costuma ser simplificado para facilitar o entendimento.

Através da conversa com nativos, você passa a compreender alguns sotaques e aprimora seu entendimento ouvindo pessoas que falam com total naturalidade. Você irá assimilar diferentes velocidades de fala, o que é muito importante. Afinal, para você mandar bem na conversação, é importante ter experiências com diversas pessoas.

Converse com seus amigos

Muitas pessoas possuem uma certa resistência para conversar com pessoas desconhecidas, o que é perfeitamente compreensível. Afinal, isso já é algo que pode ocorrer na própria língua. Na língua inglesa, onde muita gente se sente insegura, o desconforto para falar com desconhecidos pode ser maior.

Se você é um pouco mais reservado, uma alternativa interessante é contar com seus amigos mais próximos. Com eles, você pode formar ótimas parcerias e ajudar uns aos outros. 

Ao conversar com amigos, você fica mais confiante, se permite cometer erros, avaliar seus parceiros e crescer juntos. Além de conversar presencialmente, você pode fazer isso através de mensagens de áudio em aplicativos de comunicação. 

No entanto, fica a dica: procure deixar o medo de lado. Uma boa estratégia é, logo em um primeiro momento, comunicar que você está aprendendo inglês. As pessoas tendem a ter mais empatia e paciência para conversar.

Converse com você mesmo

Você pode conversar consigo mesmo de diversas formas e explorando sua criatividade ao máximo. Ao falar inglês, é comum que façamos de forma automática. Ou seja, você não consegue fazer uma autoavaliação enquanto elabora as frases. Aliás, é até bom não ficar se julgando enquanto fala. 

Você pode fazer isso em outros momentos, quando estiver consigo mesmo. Por exemplo, você pode criar diálogos imaginários e gravar a simulação de uma conversa entre duas pessoas, interpretadas por você. O mais bacana é que você tem a liberdade de escolher o tema do diálogo.

Após você encerrar a gravação, você pode escutar como está sua capacidade de conversa, em quais pontos você pode melhorar e como está a sua pronúncia. Você também pode compartilhar o áudio para que amigos avaliem.

E aí, o que você achou da ideia? Agora é com você!Fique ligado na Voomp para mais dicas para aprimorar o seu inglês. Até mais!


Siga-nos nas redes sociais:
LinkedIn | Instagram | YouTube | Facebook

O que você achou disso?

Clique nas estrelas

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Nenhum voto até agora! Seja o primeiro a avaliar este post.